O Vale do Silício, na Califórnia, Estados Unidos, é conhecido mundialmente como polo de inovação tecnológica. É de lá que muitos dos aplicativos, serviços e plataformas digitais saíram para facilitar nosso dia a dia – seja no trabalho, em casa ou com os amigos. E é de lá também que vem a inspiração para um novo empreendimento em Toledo, o primeiro na região Oeste do Paraná: a Aceleradora Valley Connection.

Trata-se de um espaço que irá abrigar projetos inovadores que tenham potencial para crescer rápido e de forma escalável. A Valley Connection conta com estrutura física adequada e uma equipe de experts que fará mentoria, em diferentes áreas, para as startups. Além disso, abrirá portas para investidores que buscam por ideias inovadoras para capitalizar. O diferencial da Aceleradora é o canal aberto com outras empresas do Vale do Silício que poderão hospedar projetos iniciados aqui. “A Valley Connection quer desenvolver e acelerar empresas, negócios e talentos que tenham em seu DNA a inovação, a disrupção, a ambição de se tornarem relevantes em seus negócios”, destaca o consultor e fundador da Aceleradora, Arthur Igreja.

Para consolidar o ecossistema que está se estruturando, a Valley Connection dará mais um passo pioneiro na região: a estruturação de um clube de investidores-anjo. Os membros irão agregar experiência e capital ao empreendedor que tem uma boa ideia e está sozinho tentando encontrar o caminho para crescer. “Vamos conectar essas peças”, esclarece Igreja. Desta forma, as startups, que estão provocando a nova revolução mundial com suas estruturas enxutas, crescimento exponencial, força para competir com grandes empresas, gerando impacto na sociedade encontram aqui no Oeste paranaense um ambiente promissor, conectado com o mundo, com pessoas engajadas e solo fértil para crescerem e se tornarem parte dessa nova dinâmica dos negócios.

Este artigo foi publicado também no Friends of Toledo.